-

sábado, 2 de julho de 2011

REVELAÇÕES 10 maiores navios militares do mundo



10 maiores navios militares do mundo



O oceano e a sua imensidão consegue abrigar além de muitas vidas, vários  mortais monstros do mar, e eu não to falando de feras mitológicas, mas lendários navios de guerra.
Tenho certa admiração pelos navios de guerra, não pela destruição causada, mas pela imponência e a capacidade de sobreviver de suas lendas até os dias de hoje, principalmente em um tempo que guerras são travadas a distâncias muito maiores que um navio de batalha convencional conseguiria alcançar com seus canhões.
Essa lista nos mostra os maiores navios militares do mundo, verdadeiros monstros de batalha, alguns, sobreviventes da Segunda Guerra Mundial, um pedaço de história, que apesar de sangrento, não deixa de ser interessante pelo tamanho desses gigantes.
10 – Shinano (266 metros)
Origem: Marinha Imperial Japonesa
Comissionado: 1944
Tipo: Porta-aviões

Esse navio foi nomeado com o mesmo nome de uma província japonesa. Ele foi utilizado durante a Segunda Guerra Mundial e quando foi construído, era o maior porta aviões em operação do mundo. O Shinano encontrou seu fim cedo, quando foi afundado pelo submarino americano USS Archer-Fish em 29 de Novembro de 1944.
9 – Classe Iwoa (270 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1943
Tipo: Couraçado
A classe Iwoa serviu a Marinha Americana nas maiores guerras, desde a Segunda Guerra Mundial até a Guerra do Golfo. Seis desses navios deveriam ter sido construídos, entretanto apenas 4 foram de fato e 2 tiveram sua construção cancelada antes de serem completados. Os 4 navios restantes já estão fora de atividade segundo a fonte original, entretanto tive contato com alguns americanos que disseram que o mesmo foi reformado e ainda se encontra em operação dando suporte em operações ou servindo como museu para visitação.

8 – Classe Lexington (271 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1929
Tipo: Porta-aviões
A classe Lexington foi o primeiro porta-aviões em operação nos Estados Unidos e devido o Tratado Naval de Washington de 1992 que visava a redução do poderio militar dos países e acabou convertido em um cruzador de batalha. Foi construído originalmente sendo capaz de ter uma carga total de 37.000 toneladas.

7 – Classe Admiral Kuznetsov (302 metros)
Origem: Marinha Russa
Comissionado:1990
Tipo: Porta-aviões
admiral-kuznetsov
A classe Admiral Kuznetsov tem apenas um navio construído, carrega 55.200 toneladas em carga com uma velocidade máxima de 59km/h.

6 – Classe Midway (306 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado:1945
Tipo: Porta-aviões
A classe Midway foi comissionada em 1945 e ficou em serviço até 1992, sendo um dos porta-aviões que ficou mais tempo em serviço em toda história. Ele chegava a velocidade máxima de 61km/h.

5 – Classe Kennedy (320 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1968
Tipo: Porta Aviões
Era apelidado de “Big John”, o USS John F. Kennedy CV-67 serviu a marinha americana por cerca de 40 anos. Foi tirado de operação em 2007. Era um monstro de mil pés e tinha uma carga máxima de 82.655 toneladas.
4 – Classe Forrestal (325 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1955
Tipo: Porta-aviões
Os porta-aviões da classe Forrestal foram os primeiros super porta-aviões dos EUA. Sua capacidade era 25% superior a classe anterior Midway. Todos os 4 porta-aviões dessa classe foram descomissionados gradualmente de 1993 até 1998, quando encerraram suas atividades.
3 – Classe Kitty Hawk (327 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1961
Tipo: Porta-aviões

Apelidado carinhosamente de “Miss Kitty” esse monstro da classe Kitty Hawk era uma versão melhorada da classe Forrestal. Os 4 navios que foram construídos dessa classe já estão fora de operação. Cada um deles era capaz de carregar 90 aviões de uma vez só.
2 – Classe Nimitz (333 metros)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado: 1975
Tipo: Porta-aviões
Esse colosso de 333 metros tinha carga máxima de 100.000 toneladas. A classe Nimitz carregava dois reatores nucleares de água pressurizada A4W que geraram para o navio 190 MegaWatts de força. Seu reator permite ele operar sem ser abastecido durante 20 anos. Atualmente existem 10 navios dessa classe, todos ainda em serviço.

1 – Classe Enterprise (342)
Origem: Marinha dos Estados Unidos da América
Comissionado:1961
Tipo: Porta-Aviões
Apelidado de “Big E”, o USS Enterprise foi o primeiro porta-aviões movido a energia nuclear. O Enterprise CVN-65 é o único navio de sua classe e está previsto para ser tirado de operação em 2013, o que fará dele o porta-aviões de maior tempo em serviço da marinha americana, aparentemente superando a classe Midway. Sua construção custou cerca de 450 milhões de dólares e seu investimento foi importante pois o mesmo participou de várias batalhas, inclusive no Iraque. (apesar da guerra do Iraque, não tenha sido de fato importante para alguma coisa além de massacre)

BÔNUS:
Classe Yamato
Origem: Marinha Imperial Japonesa
Comissionado:1937
Tipo: Couraçado
Yamato, considerado na minha opinião um navio bem parecido com os da Classe Iwoa. Ele foi um couraçado japonês que carregava 72.000 toneladas e canhões nem um pouco amistosos de 18.1″, capazes de atingir uma distância de 42 km utilizando projéteis de 1.360 Kg. Dois navios dessa classe foram construídos, saíram de operação em 1945, um deles afundando em batalha, entretanto, até hoje não se tem muitas informações a respeito da classe.

Como bônus da lista eu queria incluir os navios de batalha da Marinha Real Britânica, HMS Lion e HMS Vanguard, além do projeto H Class alemão, entretanto encontrei apenas informações desencontradas a respeito dos navios, se foram de fato construídos ou não, se você aí tiver informação a acrescentar sobre eles ou os navios da lista, coloque nos comentários. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário